quarta-feira, agosto 13

De olho em mim

Em pequeno tive estrabismo. Andei de pala e tudo, comós cavais, mas só num (o esquerdo, António, o esquerdo). A coisa resolveu-se com uma operação cirúrgica ao olho direito (que estava torto), no... Porto. Fiquei apenas com um estrabismo residual, astigmatismo e hipermetropia, ligeiras. Usei óculos durante uns anos e depois deixei, nem sei bem porquê.

Há uns tempos decidi que, já que passo cerca de 12 horas por dia ao computador e o meu chefe não me dá um portátil de 45 polegadas, se calhar talvez não fosse má ideia visitar um oftalmologista, coisa que não fazia há mais de dez anos. Talvez.

Pois bem, após o atraso da praxe lusitano, fui atendido por uma doutora muito simpática (com quem tomaria sem problemas um café fora do expediente). Contei-lhe o historial, fez-me os testes do costume (vejo melhor do esquerdo, descobri) e... mandou-me embora. Nem estrabismo residual, nem nada! Vejo melhor que muito boa gente. Andor daqui para fora e felicidades com os ecrãs de computador, com os quais, pelos vistos (!), me entendo bem.

E esta hein?

Etiquetas:

5 Comentários:

Anonymous Pedro Pinheiro disse...

Hoje em dia, com a qualidade de imagem que os computadores têm, não é de admirar. Com o contraste constante até à estabilidade da imagem dos LCD em comparação com o cintilar dos antigos CRT, desde que se tomem os devidos cuidados (focar os olhos em objectos mais distantes regularmente, fazer pausas, etc.), não há razões para que os nossos actuais ambientes de trabalho digitais não sejam melhores para os olhos do que estar a fazer tudo em papel, muitas vezes com uma luminosidade deficiente.
Eu desde há uns seis anos passei a ler no PDA ou no telefone todos os livros que estão disponíveis para compra como eBooks, e acho uma experiência muito melhor do que um livro (exceptuando, ainda, em situações em que se está sob um sol forte).

09:17  
Blogger Vasco Figueira disse...

Sim, os CRT eram um sofrimento, mas mesmo assim julguei que - justamente pela distância focal fixa e próxima - houvesse maior problema. Fico feliz que não.

Quanto aos livros, ainda não me convenci, em parte porque os livros são e serão muito mais portáteis (praia, mochila, esplanada) podem cair ao chão, e manipulam-se com mais à-vontade, sem pensar. Mas também não tenho nenhum PDA por aí além. Talvez daqui por uns tempos.

11:26  
Anonymous Pedro Pinheiro disse...

Vasco, leres eBooks no teu telemóvel/smartphone/pda é muito mais portátil, pois é um objecto que regra geral já trazes sempre contigo, não precisas de trazer algo extra. Eu gosto imenso porque posso andar sempre com os vários livros que vou lendo em simultâneo, e posso ler mais um bocadinho quando tenho algum tempo de espera.

11:30  
Blogger (n)Ana disse...

xii... que geekalhada que para aqui vai! hehehe
Ora... tenho a dizer que adorei a "rima de fugida"... "torto-Porto"
hehehehe

E o pormenor do título ser olho em ti e falares da tua saúde ocular... e a cena do cafézinho com a oftalmologista. :o)
hehehe
Como gosto de te ler pah! :o)
beijinho

17:49  
Blogger 日月神教-向左使 disse...

AV,無碼,a片免費看,自拍貼圖,伊莉,微風論壇,成人聊天室,成人電影,成人文學,成人貼圖區,成人網站,一葉情貼圖片區,色情漫畫,言情小說,情色論壇,臺灣情色網,色情影片,色情,成人影城,080視訊聊天室,a片,A漫,h漫,麗的色遊戲,同志色教館,AV女優,SEX,咆哮小老鼠,85cc免費影片,正妹牆,ut聊天室,豆豆聊天室,聊天室,情色小說,aio,成人,微風成人,做愛,成人貼圖,18成人,嘟嘟成人網,aio交友愛情館,情色文學,色情小說,色情網站,情色,A片下載,嘟嘟情人色網,成人影片,成人圖片,成人文章,成人小說,成人漫畫,視訊聊天室,性愛,正妹牆,情色視訊,愛情小說,85cc成人片,成人貼圖站

07:34  

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial